- Publicidade -
16.8 C
Brasília

Mais de 13 mil pessoas já agendaram a vacinação no DF

Até às 16h desta sexta-feira (26), 13.426 pessoas agendaram a aplicação da vacina contra a Covid-19 em um dos 42 locais de vacinação do Distrito Federal. Neste momento, são vacinadas pessoas com 76 anos ou mais, além dos demais integrantes do grupo prioritário que ainda não receberam a primeira dose do imunizante. Para vacinar é preciso agendar dia, local e horário pela internet, em site específico.

Além disso, os pontos de vacinação por drive-thru contam com doses extras para vacinar as pessoas do público-alvo que não conseguiram agendar a vacinação e as salas de vacina convencionais atenderão as pessoas mesmo sem agendamento. Mesmo com essa possibilidade, a Secretaria de Saúde orienta que a população dê preferência ao agendamento pela internet para evitar filas e aglomerações nas unidades de vacinação.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, considerou positivo o primeiro dia de vacinação, incluindo um grupo que abarca mais de 23 pessoas de 76, 77 e 78 anos. “Tivemos algumas dificuldades e instabilidade em alguns momentos no site de agendamento, mas podemos dizer que os profissionais de saúde da rede pública conseguiram realizar um bom trabalho em mais essa batalha para a imunização da população do DF”, afirma.

Vagas

Do total de agendamentos, para esta sexta-feira, foram marcadas 4,3 mil aplicações da primeira dose da vacina e 1.226 da segunda. O site traz a possibilidade do agendamento para a próxima segunda-feira (1º/3). Para este dia, das 5.880 vagas para primeira dose disponibilizadas, 5,8 mil já haviam sido preenchidas até às 16h desta sexta-feira (26). Já foram agendados, também, para este dia, 2,1 mil aplicações da segunda dose.

A Secretaria de Saúde explica que na próxima segunda-feira serão disponibilizadas mais vagas para os dias seguintes e pede calma à população. “Temos que ter tranquilidade e confiança no trabalho dos profissionais de saúde; além disso temos vacinas para atender o público-alvo”, orienta o secretário de Saúde.

Fonte: Agência Brasília

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo