- Publicidade -
14.5 C
Brasília

A radialista Evelyne Ogawa foi vítima de feminicídio nessa sexta-feira (26/3)

Morta pelo marido na noite da última sexta-feira (26/3), Evelyne Ogawa, de 38 anos, era apresentadora de televisão, radialista, assessora artística e produtora. Usuária assídua das redes sociais, ela adorava compartilhar frases inspiradoras e seu cotidiano com seus mais de 10 mil seguidores.

Em sua última publicação no Facebook, ela escreveu: “Não sei como termina a minha história, mas em nenhuma página dela você vai ler: – Ela desistiu”. Neste sábado, o marido de Evelyne, Vinícius Fernando da Silva Camargo, compareceu à 26ª DP e confessou ter matado a esposa com quem mantinha um relacionamento hpa mais de três anos,   enforcada com um fio elétrico no dia anterior.  

Vinícius Fernando da Silva Camargo já tinha antecedentes criminais, por ter agredido a estudante Eslânia Rodrigues, 26 anos em 2017.

Nos comentários no Instagram, uma série de homenagens de fãs. Brasiliense trabalhava há sete anos na Rádio Federal, onde narrava os programas “Frequência Federal” e “Programa Evelyne Ogawa”.

A estação emitiu uma nota de pesar em homenagem à radialista: “Foram sete anos de convivência com uma menina mulher que tinha muitos sonhos. Estamos perplexos e tristes com uma notícia tão devastadora. Que Deus abençoe e conforte todos os amigos e familiares da nossa querida Evelyne Ogawa”.

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo