- Publicidade -
24.5 C
Brasília
- Publicidade -

O secretário da Saúde de São Paulo Jean Gorinchteyn, responsabilizou Anvisa por passageiro com variante indiana

O secretário da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse que a responsabilidade pelo caso do passageiro que chegou da Índia ao Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, e que foi diagnosticado nesta quarta-feira (26) com a variante indiana do coronavírus é da Anvisa(Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Gorinchteyn disse que o viajante não poderia ter sido autorizado a circular pelo aeroporto livremente, e que ele já apresentava sintomas da Covid-19, como dor de cabeça.

“Esse indivíduo não pode circular em áreas comuns, fazer uma imigração, pegar mala com outros passageiros. Ele deve ser afastado, este teste [deve ser] realizado em local privado, para que dessa forma, se vier positivo, todas as medidas de isolamento sejam realizadas”, disse o Gorinchteyn.

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo