- Publicidade -
14.5 C
Brasília
- Publicidade -

Governo pede antecipação de repasses de estatais para cobrir PEC eleitoral

O governo federal pediu que as estatais Petrobras, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco Nacional do Desenvolvimento, o BNDES, antecipem o pagamento de dividendos neste ano e modifiquem a periodicidade dos repasses de semestral para bimestral para aumentar seu caixa em ano eleitoral e cobrir o rombo causado pela PEC das Bondades, que estoura o teto de gastos em 41 bilhões de reais. O Banco do Brasil alegou que não é possível operacionalizar a antecipação. As outras estatais ainda não se pronunciaram. Na semana passada, o governo anunciou o contingenciamento de 6,7 bilhões de reais no Orçamento deste ano. O corte se soma a outras revisões anunciadas anteriormente, somando 12,7 bilhões de reais em cortes para 2022.

 

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo