- Publicidade -
14.5 C
Brasília

“Não temos nada a temer”, diz Bolsonaro sobre investigação contra Pazuello

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que o governo “não tem nada a temer” em relação ao inquérito aberto para investigar se houve omissão do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na crise sanitária do Amazonas. A declaração foi dada em uma loja de motos, na manhã de hoje.

Numa investigação como essa, não temos nada a temer. O presidente elogiou o trabalho do ministro e disse que a investigação é fruto de uma ação de “pequenos partidos de esquerda” que procuram o STF (Supremo Tribunal Federal) para tudo.

“Pequenos partidos de esquerda procuram o Supremo para tudo. Pode investigar o Pazuello, não tem problema. Não há omissão, ele trabalha de domingo a domingo, vira noite. Eu duvido que com outra pessoa teria resposta que ele está dando”, falou.

A investigação começou após pedido do partido Cidadania ao procurador-geral da República, Augusto Aras. Pressionado por subprocuradores-gerais que integram o Conselho Superior do Ministério Público, Aras encaminhou a solicitação ao STF.Coube ao ministro Ricardo Lewandowski ordenar a abertura do inquérito.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi ao Amazonas em duas ocasiões, no mês de janeiro. Logo após a primeira viagem de Pazuello, o sistema de saúde do estado entrou em colapso e faltou oxigênio no hospital. A equipe tinha sido avisada alguns dias antes sobre essa possibilidade.

Os números de casos, mortes e internações por causa da covid-19 continuam em alta na região.

Fonte: UOL

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo