- Publicidade -
25 C
Brasília

Paula Belmonte briga com primeira-dama e Ibaneis explode: “Não aceito meninice de dondoca”

Verdadeiro barraco quebrou a pompa e a cerimônia durante lançamento de um programa social feito em parceria entre o Ministério da Cidadania e o GDF no início da tarde desta sexta-feira (31/05/2019). Inconformada por não ter voz nem assento entre as autoridades presentes ao anúncio do programa, no solene Memorial JK, a deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) subiu nas tamancas e partiu para o ataque. O alvo da estreante no Congresso foi a primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha.

No encerramento do evento para o qual se atrasou, Paula puxou Mayara pelo braço e lhe cobrou explicações. Estava exaltada. A parlamentar culpou a esposa do governador pelo boicote ao microfone, já que Mayara, atuante na área social, teve chance de discursar. Ao notar a confusão, o próprio governador Ibaneis Rocha, que não é de levar desaforo para casa, tomou as dores da mulher e passou um sabão na parlamentar. Disse que, se Paula Belmonte “quisesse reclamar, que reclamasse para ele”.

Paula retrucou, argumentando que o evento era da primeira-dama. E Ibaneis a contrariou, vociferando que a solenidade pertencia ao governo local e o governador é ele. E que se ela quisesse tomar decisão de chefe de Estado, que se candidatasse para o cargo. “Ela chegou atrasada e, diante da situação de não ser atendida, ameaçou ir para a oposição. Eu disse a ela que não ia aceitar meninices de uma dondoca. E não vou mesmo, isso é ridículo, até porque citei três vezes o nome dos parlamentares presentes, inclusive o dela”, afirmou o governador.

Material cedido ao Metrópoles

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo