REDE SOU MAIS MULHER É REALIDADE NO DF

Secretaria da Mulher e Novacap firmam parceria

Buscar a igualdade entre homens e mulheres e o empoderamento feminino é o objetivo da Rede Sou Mais Mulher, instituída pelo governador Ibaneis Rocha por meio de decreto. A rede irá implementar parcerias com instituições públicas e privadas do Distrito Federal. O projeto da Secretaria da Mulher teve sua primeira parceria firmada na tarde desta terça-feira (14/05).

A Novacap, primeira empresa constituída no Distrito Federal, foi também a primeira a assinar e firmar o compromisso com a Secretaria da Mulher. Por meio de cursos de capacitação, treinamentos, palestras para os servidores e apoio especializado para promoção de políticas públicas e de enfrentamento à violência doméstica que essa estratégia de mobilização chega até a Companhia Urbanizadora.

Rede Sou Mais Mulher

Foi instituída pelo governador, no dia 08 de março de 2019, por meio do Decreto nº 39.705. A “Rede Sou + Mulher” é uma iniciativa do Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Estado da Mulher, com o objetivo de articular parcerias envolvendo organizações públicas e privadas no sentido de fomentar a implementação de ações voltadas para o combate à violência contra as mulheres, bem como à promoção da igualdade entre mulheres e homens, ao empreendedorismo feminino e à autonomia econômica das mulheres.

A “Rede Sou + Mulher” atua em favor da igualdade de gênero, com respeito à diversidade e o combate a todas as formas de discriminação, de forma a contribuir para a cumprimento do Objetivo 5º da Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, compromisso que o Brasil assumiu ao lado de outros 192 países membros da ONU: “Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas”.

Participação

Para participar a organização interessada deverá aderir a Carta de Princípios, que norteará a atuação das instituições integrantes.

Poderão fazer parte da Rede órgãos e entidades públicas distritais dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; empresas públicas federais e distritais; organismos internacionais; organizações da sociedade civil; e entidades empresariais. Envie um email para: redesoumaismulher@gmail.com e fale com a Secretaria de Estado da Mulher.

Deixe uma resposta