- Publicidade -
14.5 C
Brasília
- Publicidade -

Lewandowski vota por suspeição de Moro

Lewandowski antecipou seu voto após o colega da Segunda Turma do STF Nunes Marques ter anunciado que pediu vista

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu o segundo voto para declarar a suspeição do então juiz da operação Lava Jato Sergio Moro e, em consequência, anular todos os atos processuais que levaram à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo do tríplex do Guarujá (SP).

Lewandowski antecipou seu voto após o colega da Segunda Turma do STF Nunes Marques ter anunciado que pediu vista do recurso apresentado pela defesa do petista.

O placar do caso está empatado em dois votos a dois. Até o momento, posicionaram-se para rejeitar a suspeição os ministros Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, e Cármen Lúcia e foram contrários Gilmar Mendes e Lewandowski.

Não há prazo para Nunes Marques devolver o recurso e ele voltar à análise do colegiado. Até antes do encerramento do julgamento, os ministros podem reajustar os seus votos. Cármen Lúcia indicou que pretende se manifestar.

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo