- Publicidade -
13.5 C
Brasília
- Publicidade -

Guerra na Ucrânia precisa terminar até o inverno, diz Zelenskiy

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, disse aos líderes do grupo das sete principais democracias industriais (G7) que queria que a guerra da Rússia na Ucrânia terminasse até o fim do ano, antes do início do inverno no Hemisfério Norte. A informação foi dada por dois diplomatas da União Europeia.

Zelenskiy dirigiu-se aos líderes de Reino Unido, Canadá, da França, Alemanha, Itália, do Japão e dos Estados Unidos por vídeoconferência, nesta segunda-feira (27), o segundo dia da cúpula de três dias do G7 no Sul da Alemanha.

Defesa Aérea

O presidente ucraniano pediu aos líderes ocidentais que forneçam sistemas de defesa antiaérea a seu país, enquanto as forças russas atacam Lysychansk, a última grande cidade ainda controlada por tropas ucranianas na província de Luhansk.

Sanções

O grupo das sete democracias ricas se comprometerá, nesta terça-feira (28), com um novo pacote de ações coordenadas, destinadas a aumentar a pressão sobre a Rússia pela guerra na Ucrânia, e finalizará os planos de um teto de preço para o petróleo russo.

O anúncio ocorre no momento em que a Casa Branca afirmou que a Rússia havia dado calote em seus títulos soberanos estrangeiros pela primeira vez em décadas – afirmação que Moscou rejeita.

Zelenskiy pediu aos líderes do grupo dos sete apoio militar, econômico e diplomático.

Apoio

Os líderes do grupo das sete democracias mais ricas do mundo se comprometeu a apoiar a Ucrânia “pelo tempo que for necessário”, aplicando sanções à Rússia e dando suporte aos compromissos de segurança para Kiev em um acordo pós-guerra.

“Continuaremos fornecendo apoio financeiro, humanitário, militar e diplomático e estaremos com a Ucrânia pelo tempo que for necessário”, afirmaram.

*Com informações da Reuters.
*
*É proibida a reprodução deste conteúdo.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo