MEC entrega computadores para reforçar o ensino remoto

Essa é uma das ações que o MEC vem realizando para o enfrentamento da pandemia de Covid-19
MEC entrega computadores para estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Foto: Catarina Chaves/MEC

A Setec tem articulado a distribuição desses computadores para as instituições que farão a disponibilização dos equipamentos aos estudantes. São elas: Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IFSuldeMinas), Instituto Federal do Paraná (IFPR), Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), Instituto Federal Goiano (IFGoiano) e Instituto Federal do Mato Grosso do Sul (IFMS). “Essa ação só foi possível graças aos esforços conjuntos da Setec e da Secretaria Executiva do MEC. Esses equipamentos doados encontram-se em boas condições de funcionamento e poderão atender a diversos estudantes da Rede Federal em situação de vulnerabilidade socioeconômica”, destacou o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Wandemberg Venceslau.

As instituições contempladas pelo repasse dos equipamentos doados pelo MEC já estão se organizando para a distribuição das máquinas em suas unidades. Essa ação também aproxima cada vez mais os estudantes do ensino de qualidade, garantindo o aprendizado ofertado pela rede, por meio da conectividade. De acordo com dados extraídos da Plataforma Nilo Peçanha, considerando os estudantes que declararam renda em 2019, 30% possuem renda familiar inferior a meio salário mínimo, o que representa aproximadamente 200 mil estudantes. “É essencial o trabalho desenvolvido pelo MEC para a proteção das pessoas e para o suporte à viabilidade da educação, principalmente para os estudantes com dificuldades de acesso aos meios digitais. Essa ação é importante para mitigar as desistências que possam ocorrer quando o estudante não consegue receber o conhecimento ofertado de forma remota pelas instituições”, concluiu o secretário.

Essa é uma das iniciativas que o MEC vem realizando com o intuito de enfrentar a pandemia de Covid-19. No âmbito da Rede Federal foram desenvolvidas um total de 1.686 ações que impactaram cerca de 24,9 milhões de pessoas. Outro projeto que está sendo desempenhado pelo MEC, também direcionado aos estudantes em situação de baixa renda, é o “Alunos Conectados”. Essa iniciativa tem como objetivo principal disponibilizar internet móvel para estudantes das instituições federais de ensino que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica, com renda de até meio salário mínimo. Até o momento foram disponibilizados, de forma gratuita, aos estudantes das instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, aproximadamente 80 mil chips para acesso à internet. Todas essas ações possibilitam a continuidade das atividades acadêmicas de forma remota, democratizando o acesso à educação por meio da inclusão digital.

Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da SETEC

Fonte: Orzil

Deixe uma resposta