- Publicidade -
16.8 C
Brasília

Pontos de vacinação receberão alimentos e cestas básicas

Contribuições serão doadas para famílias do DF em situação de vulnerabilidade social

Com a pandemia, cada vez mais famílias estão em situação de vulnerabilidade e, infelizmente, mais pessoas estão passando fome. Pensando nisso, a Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância do gabinete do Governador em conjunto com a Secretaria de Saúde, a Secretaria de Governo e a Vice-Governadoria, implementaram a arrecadação de cestas básicas em todos os pontos de vacinação do Distrito Federal.

Para a primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha Rocha, que está apoiando o movimento Solidariedade Salva, esse é o momento em que devemos olhar para o próximo e levarmos esperança em forma de alimento para aqueles que mais necessitam. “Precisamos deixar o pensamento individual de lado e pensarmos no coletivo. Assim, é possível atenuar o sofrimento de várias famílias do DF.”, completou Mayara.

Para Ana Paula Hoff, esposa do Vice-governador Paco Britto, “a pandemia tem nos mostrado, cada dia mais, o valor e a importância da solidariedade. Só conseguiremos sair vitoriosos dessa batalha se estivermos juntos, uns pelos outros. No Distrito Federal, estamos conseguindo fazer com que ‘empatia’ não seja apenas uma palavra para ser usada, mas uma ação diária de entender e se solidarizar com o que o outro está passando. Ser solidário é o grande legado da passagem do coronavírus pela vida de todos nós”.

Com essa medida, os 50 pontos de vacinação do DF, sendo 15 no formato drive-thru, poderão receber cestas básicas. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros Militar  estarão encarregados da logística de entrega dos donativos às famílias em situação de vulnerabilidade social.

Além dos pontos de vacinação, redes de supermercado do Distrito Federal também aderiram ao movimento do Solidariedade Salva, sendo possível, também, realizar doações nas redes de supermercado Caíque, Super Top, Super Veneza, Cerramix, Superbom, Pravocê, Dona de Casa, Comper, Big Box e Ultrabox.

A Secretaria de Estado de Governo do Distrito Federal está empenhada nesta iniciativa que conta com a participação da Associação de Supermercados de Brasília (Asbra) e que a cada dia recebe mais adesão do comércio varejista e do atacadista.

*Com informações da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo