Carnaval 2021: Ibaneis proíbe blocos e festas no DF, para evitar disseminação do novo coronavírus

Governador Ibaneis Rocha (MDB) em imagem de arquivo — Foto: TV Globo

Um decreto publicado nesta quinta-feira (11/2) proíbe a realização de festas, eventos carnavalescos ou blocos de carnaval no Distrito Federal. A medida, assinada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) e publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), pretende evitar o avanço dos contágios pela novo coronavírus durante o feriado.

A proibição vale a partir desta sexta-feira (12/2) e se estende até o dia 21 de fevereiro. Quem descumprir a regra, fica sujeito ao pagamento de uma multa no valor de R$ 20 mil.

“A falta de cumprimento do que é legalmente previsto neste decreto pode acarretar a incidência do crime de infração de medida sanitária preventiva”, diz o texto. O código penal prevê que as pessoas que descumprem as determinações ficam sujeitos à pena de prisão, que pode variar de um mês a um ano.

Os órgãos públicos serão responsáveis pela fiscalização, como o DF Legal, Secretaria de Transportes e Mobilidade (Semab), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Procon, Departamento de Trânsito (Detran), Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Distrito Federal (Brasília Ambiental), Secretaria de Estado da Agricultura e Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Contudo, bares, restaurantes e shopping centers estão autorizado a funcionar durante o carnaval, sem restrições de horário.

Segundo dados da Secretaria de Saúde, desde março, o DF já acumula 282.649 casos confirmados de covid-19 e 4.649 pessoas foram vítimas da doença na capital federal.

Deixe uma resposta