- Publicidade -
25 C
Brasília

Marcelo Queiroga aceita convite e será o novo ministro da Saúde

O médico Marcelo Queiroga, presidente da SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia), aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro para assumir o comando do Ministério da Saúde. A expectativa é que a nomeação seja publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (16).

De acordo com a CNN, Marcelo Queiroga aceitou substituir Eduardo Pazuello e será o quarto ministro da Saúde da gestão Jair Bolsonaro. Mais cedo a médica Ludhmila Hajjar tinha recusado o convite para o cargo.

O novo ministro defende o distanciamento social e não acredita em tratamento precoce, diferentemente do presidente Bolsonaro e seus apoiadores. A publicação afirma que ele é considerado uma pessoa com jogo de cintura para construir uma política de saúde que possa funcionar contra a pandemia, sem contrariar suas convicções.

Queiroga é graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Paraíba, é especialista em cardiologia e tem doutorado em Bioética pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto/Portugal. Atualmente, dirige o departamento de hemodinâmica e cardiologia intervencionista (Cardiocenter) do Hospital Alberto Urquiza Wanderley (Unimed João Pessoa) e é médico cardiologista intervencionista no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, também na Paraíba.

Em dezembro, Queiroga foi indicado por Bolsonaro para ser um dos diretores da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). A indicação ainda não foi votada pelo Senado Federal.

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo