- Publicidade -
15.5 C
Brasília
- Publicidade -

Cai taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil

O relatório atualizado nesta terça-feira (6/7) do Imperial College de Londres revelou que a transmissão do novo coronavírus está diminuindo no Brasil. A taxa de transmissão (Rt) da Covid-19 caiu de 0,98 para 0,91 em uma semana. Os índices são os mais baixos registrados desde 18/5, quando o país marcou Rt 0,91.

O anúncio é animador, pois indica que o Brasil caminha para o controle da transmissão do vírus. Agora, cada 100 brasileiros contaminados podem transmitir a doença para outros 91. Quando a taxa é superior a 1, significa que não há controle da disseminação do coronavírus. Na margem de erro calculada pela universidade britânica, o Rt brasileiro atual varia de 0,88 a 0,95.

Por outro lado, ainda é preciso manter a atenção. No mesmo relatório, o Imperial College projeta que o Brasil vai registrar 10.300 óbitos pela Covid-19 nesta semana. Apesar do levadonúmero de mortes, houve uma redução em relação ao levantamento da semana passada, que contabilizou 10.810 mortes pela doença.

A evolução da epidemia do novo coronavírus no país é medida principalmente pela taxa de transmissão, por isso os especialistas ponderam que é necessário observá-la por mais tempo para avaliar as tendências, considerando o atraso nas notificações e período de incubação do Sars-CoV-2.

O Rt é uma média nacional e, por isso, não indica se a doença está avançando ou retrocedendo igualmente nas cidades, estados e regiões brasileiras. A universidade britânica também reforça que a precisão das projeções depende da qualidade da vigilância da disseminação do vírus e relatórios de cada país.

Mesmo assim, o boletim do consórcio de veículos de imprensa também sugere melhora no cenário da pandemia no Brasil. Na segunda-feira (5/7), a média móvel de novos casos de contaminação pela Covid-19 foi de 49.237, o que representa redução de 33% em comparação ao índice de duas semanas atrás, indicando tendência de queda nos diagnósticos positivos da doença.

Outra redução importante foi identificada na média móvel de óbitos, que foi de 1.575, uma redução de 20% em comparação com o cálculo de duas semanas atrás. Há nove dias esse índice está caindo no país.

Comentários

- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Continue Lendo